Pesquisar este blog

26.2.09

Cheng-Pong 520

FRASE DA SEMANA
Já foi o tempo em que a união fazia a força. Hoje a União cobra os impostos e quem faz a força é você.

OS 10 MANDAMENTOS DO BAIANO
1 - Viva para descansar.
2 - Ame a sua cama, ela é o seu templo.
3 - Se ver alguém descansando, ajude-o.
4 - Descanse de dia para poder dormir à noite.
5 - O trabalho é sagrado, não toque nele.
6 - Nunca faça amanhã, o que você pode fazer depois de amanhã.
7 - Trabalhe o menos possível; o que tiver para ser feito, deixe que outra pessoa faça.
8 - Calma, nunca ninguém morreu por descansar, mas você pode se machucar trabalhando...
9 - Quando sentir desejo de trabalhar, sente-se e espere que ele passe.
10 - Não se esqueça, trabalho é saúde. Deixe o seu para os doentes.

DIARRÉIA
- Manoel, desde ontem que estou com diarréia. Já tentei de tudo. O que é que eu faço?
-Ò Maria, experimente banana. Dizem que é muito bom.
No outro dia:
- E aí Maria, melhorou da diarréia? A banana resolveu?
- Em parte, Manoel, em parte. Mas cada vez que tiro a banana, a diarréia recomeça.

LADRÃO DE GALINHAS
um ladrão rouba uma galinha, foge, entra em um ônibus e esconde a galinha dentro da calça. Senta ao lado de uma freira. Como a galinha começa a se mexer muito, ele abre a braguilha para que ela posssa respirar um pouco. O cara dorme e a galinha bota a cabeça pra fora da calça. A freira vê e tenta avisar o sujeito:
-Senhor, acorda! Acorda! Eu não entendo nada disso, mas parece que um dos seus ovos quebrou.

BEBUM
O bêbado entra em casa cambaleando, erra a porta e vai direto para o banheiro. Sua mulher acorda com o barulho, joga o bebum debaixo do chuveiro e começa a xingá-lo de tudo quanto é nome.
Ensopado, ele diz:
-Tudo bem, tudo bem... (hic!) Eu sou tudo isso que você tá falando mas, pelo amor de Deus, me deixe entrar que tá chovendo pra burro aqui fora!

PLACA
Na estrada, alguns metros antes de uma curva, dois frades seguram um cartaz que diz: “O fim está próximo! Arrepende-te e volte para trás!”
Passa um sujeito com um carrão e mostram-lhe o cartaz. O do automóvel dá uma gargalhada, ironiza os frades e segue em frente. Logo em seguida, ouve-se um grande estrondo prá lá da curva. Um dos frades diz para o outro:
-Irmão Valmor, e se puséssemos antes um cartaz com os dizeres: “Atenção! A ponte caiu!”

PERUCA DO DEFUNTO
O defunto usava peruca, mas ninguem que tava no velorio sabia desse detalhe. E as pessoas iam chegando, beijavam, passavam a mao na testa dele, e a peruca escorregando de lado, todo mundo quase descobrindo que o defunto era careca.
A viuva, com do do coitado, falou pro seu Joao Barbeiro:
- Seu Joao, por favor..ajeita a cabeca do falecido, que tao desmanchando a peruca dele... O senhor sabe, essa peruca era orgulho dele... Nunca ninguem soube que ele era careca...
E o Joao foi logo ajudando. Levou o defunto la pro quarto e arrumou a peruca, que nao saiu mais do lugar. Na volta do enterro, a viuva, muito agradecida, falou pro barbeiro:
- Muito obrigada, quanto lhe devo pelo trabalho de ter ajeitado a peruca do falecido?
- Que isso, dona Margarida, nem pense numa coisa dessas..nao é nada!
- Mas o senhor teve trabalho, eu faco questao de pagar...
- Bom, se a senhora faz questao, entao paga so a caixa de tachinhas que eu comprei...

CONTRA A CORRENTEZA
O barco vai descendo o rio num trecho de forte correnteza quando há um tumulto a bordo. Aí aparece o comandante e tranqüiliza os passageiros:
- Não se preocupem, foi apenas a minha sogra que caiu n’água. Eu cuido disso.
A tripulação põe n’água um pequeno barco a motor, o comandante entra nele, liga o motor e quando vai saindo contra a correnteza um dos passageiros adverte:
- Comandante, o senhor não acha que sua sogra desceu com a correnteza?
- Você diz isso porque não conhece a minha sogra. Ela sempre foi contra tudo.

CANIBAIS
É o dia de folga do missionário e ele está passeando pela savana. De repente, ele vê um grupo de canibais se aproximando. O missionário se ajoelha e reza:
- Ó, meu Deus. Fazei com que os canibais poupem este vosso fiel servo.
Os canibais se ajoelham e rezam:
- Ó, meu Deus. Abençoai essa nossa refeição.

DESENHO
- Juquinha, vá ao quadro negro e desenhe um coração.
- Que nem o da minha mãe, professora?
- Sim. Como o da sua mãe.
Juquinha faz o desenho.;
- Mas o que é isso, Juquinha? Quem já viu coração com pernas?
- O de minha mãe tem, professora. Toda noite eu ouço meu pai falar: “Abre as pernas, coração”.

CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO
Nomes engraçados e irreverentes de Blocos de Rua que desfilam no RJ

“Vem ni mim que eu sou Facinha” (Ipanema); “Imprensa que eu gamo” (jornalistas Laranjeiras); “Xupa mas não baba” (Laranjeiras); “Se não quer me dar... me empresta” (Lapa); “Se me Der, Eu Como! (Tijuca)” ; “Cutucano Atrás” (Leme); “Rola Preguiçosa” (Ipanema); “Spanta Neném” (Lagoa); “Berro da Viúva” (Centro); “Que merda é essa?” (ipanema); “Eu sou eu e jacaré é bicho d'água” (Vila Isabel); “Bangalafumenga” (Horto); “Gargalhada e do Babaçu Abunda e a Cerveja Também” (Vila Isabel); “Bafo da Onça” (Centro); “Bloco dos Cachaças” (Méier); “Bagunça meu Coreto” (Laranjeiras); “Meu Bem, Volto Já” (Copacabana); “Suvaco de Cristo” (Jd. Botanico); “Concentra mas não sai” (Rua Ipiranga); “Empurra que pega” (Bom Jardim); Condomínio Barangal (Ipanema); Voltar Pra Quê? (Cinelândia); Me Beija Que Sou Cineasta (Gávea); “Quem num Guenta Bebe Água” (Laranjeiras); “Oco do Mundo” (Botafogo); Só o Cume Interessa (alpinistas Urca); É Mole Mas é Meu; “Mulheres de Chico”; “Se melhorar afunda” e outros...

Nenhum comentário: