Pesquisar este blog

10.12.09

Cheng-Pong 560

EDIÇÃO ORIGINAL EM PDF

BICICRETA

Próximo ao Natal, Wander–gleyson, um garotinho de 8 anos, resolveu escrever uma carta para o Papai Noel pedindo uma bicicleta:
-"Papai Nuel, fui um ótimu minino eçi ano, ajudei meu pai, minha mãi e até meu irmãuzinhu... quero uma bicicreta."
Então parou e pensou:
- Ele num vai acreditá, vo refazê a carta:
-"Papai Nuel, sei qui num fui muito bão eçi ano mais achu qui ainda meressu uma bicicreta."
Não satisfeito, ele joga a carta fora, vai até o presépio, pega a imagem de Maria, coloca dentro do sapato e escreve o seguinte:
"Jesuis, si liga na situação... tô com tua mãe mano! A treta é a seguinte...se quisé vê tua véia di novu, manda o véio da carróssa cos viado, mim dá uma magrela sinão o bicho vai pegá pro lado da coroa,
Morou bródi"
É nóis na fita....

VISON
A filha de nove anos vira-se para a mãe:
- Mamãe, o que a vison-fêmea faz para ter um visonzinho?
E a mãe:
- O mesmo que fazem as mulheres que querem ter um vison!

LEI DA GRAVIDADE
Diz o caipira para a esposa:
-Ô muié, me mata uma curiosidade minha! É verdade que essa tar lei da gravidade é que mantém as pessoa em pé no chão?
-Craro que é verdade, home! Se não fosse a lei da gravidade, todo mundo ficaria flutuando no espaço!
E o caipira, coçando a cabeça:
-Agora me exprica uma coisa: Como é que todo mundo fazia antes dessa tar lei ser aprovada?

LOJA NOVA
O Manoel comprou uma loja de roupas íntimas feminina, mas não não tinha nenhuma experiência no ramo. Quando entrou a primeira freguesa ele foi logo atender :
- Pois não, minha senhora; o que desejas?
- O Sr. tem meia calça?
- Por que? A sra. tem meia bunda?

CORNOS
O cara quando é corno, vive falando que mata, que esfola, que espanca, que manda bala se pegar a mulher dele com outro.
Mas na hora H, o corno se acalma e abaixa a cabeça. Abaixa a cabeça para passar debaixo da ponte, abaixa a cabeça pra entrar num ônibus, abaixa a cabeça pra passar da porta de casa...

SOGRA E OS GENROS
Certo dia a sogra resolveu testar seus três genros para ver se eles gostavam dela.
Ela chamou o primeiro para fazer um passeio de barco, finge que cai no rio e o genro rapidamente pula na água e a salva.
Quando ele chega em casa, abre a garagem e encontra uma BMW novinha, com um bilhete em cima: "Da sua sogra que te adora! "
No outro dia foi a vez do segundo. Eles foram para o mesmo passeio de barco, a sogra finge que cai no rio e o genro rapidamente a salva.
Quando ele chega em casa, abre a garagem e, novamente, uma BMW novinha, com um bilhete em cima: "Da sua sogra que te adora! "
No outro dia foi a vez do terceiro genro. O mesmo passeio acontece, a sogra finge que cai no rio mas o genro não a salva e ela morre.
No dia seguinte, ao chegar em casa, ele abre a garagem e encontra uma Ferrari, com um bilhete em cima: "Do seu sogro que te adora! "

LOUCO
O sujeito vai ao psicólogo:
- Doutor, minha mulher vive dizendo que eu sou louco só porque eu gosto de salsinhas.
- Mas isso não faz sentido. Eu também gosto de salsinhas.
- Legal, então vamos lá em casa ver a minha coleção. Eu já tenho mais de duzentas!

VOVÓ
Uma velhinha tinha acabado de sair do hospital, aí os seus netinhos foram buscá-la no hospital e cuidar dela.
A avó começou a se virar na cama. Cada vez que ela se virava, os netos corriam a arrumavam ela na cama.
No outro dia, o médico foi lá vê-la e perguntou:
- Como os seus netinhos estão cuidando da senhora?
- Mais ou menos, quer dizer, cuidam bem, mas o pior é que eles não deixam eu soltar o meu peidinho!

PASSAGEM
O americano, de férias no Brasil, não sabia falar português e tinha que comprar uma passagem de ônibus. Já na fila da rodoviária, com um movimento frenético de passageiros, observa como faz a pessoa que estava na sua frente, que tinha muita pressa:
- Aparecida, ida! - Pede ela.
Na vez dele, não teve dúvidas:
- Aracaju, aju!

CARTA DE MÃE LUSITANA
Meu querido filho Frederico
Escrevo estas poucas linhas que é para saber que estou viva. Escrevo devagar porque sei que não gosta de ler depressa. Se receber esta carta, é porque chegou. Se ela não chegar, avisa-me que eu mando outra.
O teu pai leu no jornal que a maioria dos acidentes ocorre a 1 km de casa. Por isso, mudamo-nos pra mais longe.
Sobre o casaco que queria, o teu tio disse que seria muito caro mandar pelo correio por causa dos botões de ferro que pesam muito. Assim, arranquei os botões e coloquei-os no bolso. Quando chegar aí, pregue-os de novo.
No outro dia, houve uma explosão no botijão de gás aqui na cozinha. Teu pai e eu fomos atirados pelo ar e caímos fora de casa. Que emoção! Foi a primeira vez em muitos anos que o teu pai e eu saímos juntos.
Sobre o nosso cão, o Rexlino, anteontem foi atropelado e tiveram que lhe cortar o rabo, por isso toma cuidado quando atravessar a rua.
Tua irmã Laura vai ser mãe, mas ainda não sabemos se é menino ou menina. Portanto, não sei se vai ser tio ou tia.
Hoje, teu irmão Valclintone me deu muito trabalho. Fechou o carro e deixou as chaves lá dentro. Tive de ir em casa, pegar a reserva para a abrir. Por sorte, cheguei antes de começar a chuva, pois a capota estava abaixada.
Se vir a Dona Rosinha, diz-lhe que mando lembranças. Se não a vir, não digas nada.
Um beijo, Tua mãe
PS: Era para te mandar os 300 reais que me pediu, mas quando me lembrei já tinha fechado o envelope.

Nenhum comentário: