Pesquisar este blog

16.6.11

Cheng-Pong 636

EXEMPLAR ORIGINAL EM PDF

Frase: Meu sono é como homem safado, chega tarde e vai embora cedo.

ESPELHO
Por quê o senhor está tão feliz? – Pergunta uma mulher ao ver um velhinho de 98 anos.
- É porque eu quebrei um espelho hoje de manhã.
- Mas o senhor não sabe que quebrar espelho dá 7 anos de azar?
- Eu sei. Não é maravilhoso isso!?

RAIMUNDIN
Raimundinho estava de joelhos, mãos postas, chorando em frente a igreja. Nisso passa um conhecido e pergunta:
-Raimundinho, você de joelho, mãos postas, chorando? É promessa?
-Não sinhô, é que onti eu fui jogá baralho com uns amigos, e perdi 500 contos.
-Ave Maria! Se eu perdesse um dinheiro desse num jogo minha mulher me capava!
Aí Raimundinho abriu as mãos e mostrou os dois ovinhos...

BANQUETE
O homenageado tinha que fazer o discurso de agradecimento. Combinou com a mulher que se ele falasse uma besteira, ela desse um cutucão nele.
Aí levantou-se, encostado na mesa, e começou o discurso:
- Meus amigos, neste momento sinto um frio que sobe pelo meu corpo...
A mulher, vúpt, deu-lhe um cutucão.
-Amigos, é como se um gelo tivesse tomando conta do meu corpo...
Vúpt, outro cutucão. O sujeito abaixou-se para a mulher e disse:
-Não estou dizendo besteira, eu realmente estou sentindo um gelo no corpo!
-Claro idiota! Você está de barguila aberta e o seu saco tá dentro da taça de sorvete!


POBREZA

A mulher era pobre, pobre de dar dó e, no dia que o marido morreu, não tinha dinheiro pra comprar um vestido pro velório nem pro enterrro. Mas o marido tinha muitos amigos, e o grupo mandou várias daquelas coroas de flores com aquelas faixas de cetim.
As amigas tiveram a ideia:
-Vamos emendar essas faixas e fazer um vestido pra ela.
Aí fizeram, a mulher vestiu e na hora do velório ela veio para a sala. Só aí as amigas notaram que tinham se esquecido de tirar aqueles dizeres das faixas. Ficou chato, porque na altura peito estava escrito:
-”Lembranças do pessoal da leiteria”.
Abaixo do umbigo estava escrito:
-”Que esta cova seja rasa”.
Aí a mulher se mancou, virou-se para sair e apareceu a faixa na bunda, escrita:
-”Descanse em paz!”.

EXAME GERAL
A moça foi ao ginecologista e pediu um exame geral. Tirou a roupa, deitou-se na cama e o médico notou que na parte interior das coxas dela haviam duas marcas verdes. Uma coisa parecida com azinhavre. Aquela crosta que dá em metal e deixou o médico intrigado.
-A senhora é casada?
-Sim, doutor, sou casada.
-E qual é a profissão de seu marido?
-Meu marido não tem profissão, ele é cigano... um cigano legítimo!
-Aqui que ele é legítimo! Com essas manchas verdes, os brincos dele não são de ouro não!!!

NOITE
O Antenorio estava na sala jogando com os amigos uma partida de triunfo, já bem tarde da noite e a Concheta lavando os pratos, limpando a cozinha.
De repente ela chegou lá na sala toda descaleada, desarrumada, e pergunta:
-O Tenorio, escuta, cê vai me usá eu hoje?
-Non, hoje non!
-Intão eu só vô lavá os pé!


JOGO DO BICHO

O Manoel fazia jogo de bicho pra ele mesmo. O dinheiro do jogo ele guardava no bolso esquerdo e no bolso direito o dinheiro que era dele.
Um dia ele acertou uma milhar que fez pra ele mesmo e como não tinha dinheiro para pagar, fugiu.

DOR
Duas mulheres estão na padaria do Manoel e começam a discutir:
-A pior dor que que eu conheço é a dor de dente!
-Não, não, a pior dor é a dor do parto.
-Não, é a dor de dente!
-É a dor parto!
E ficaram discutindo, até que o Manoel, que observava tudo do caixa, intervém:
- Isso é que as senhoras nunca levaram uma purrada nos culhões...

PAPAGAIO
No armazém só tinha o Zé e o seu papagaio, que vivia enchendo o saco dele:
- O Zé não é mais aquele... ô Zé, cadê a mulherada.... currpaco! Cuidado, o Zé rouba no caixa...
Entrava freguesa:
-Cuidado, o Zé rouba no quilo de feijão!... Ô Zé.. currupaco! O Zé tá sem cueca!... O Zé tá sem cueca!...
Quando chegou de noite o Zé pensou:
-Vou matar esse papagaio!
Foi lá, onze horas, o papagaio estava dormindo, pegou o bicho pelas pernas e roudou, girou, girou, e pumba! Arremessou-o contra a parede.
-Pronto! Matei o papagaio.
No dia seguinte quando ele abriu o armazém, o papagaio estava lá.
-Ô Zé, oba, cê tava aqui ontem na hora do ciclone?

CLORETO DE SÓDIO
A professora já andava pê da vida com o Joãozinho que só sabia de jogar futebol e nada de estudar. Não sabia nem que cloreto de sódio é sal.
-Joãozinho, o que é cloreto de sódio?
-Cloreto de sódio?... Huumm cloreto de sódio... hummm... não fala, não fala, não fala...
-Vou dar uma dica pra você. é branco!
-Branco, cloreto de sódio... branco... hummm... não fala, não fala, não fala... hummm...
-Vou te dar mais uma dica. Serve pra jogar nos ovos.
-Ah, sei! Talco!

GRIPE
Brasília sofre surto de gripe Palófi, que derruba 2 vezes, sendo que na segunda vez o patrimônio genético do vírus é 20 vezes mais letal...

TRIBUNAL
No Tribunal, o Juiz entrevista o casal que quer se divorciar.
- Por que é que o senhor quer o divórcio?
- Excelência, esta minha mulher é preguiçosa e péssima dona de casa. E além do mais, estou farto de chegar em casa e ver a nossa cama cheia de parasitas.
- Isso não me parece ser motivo suficiente para o divórcio! – exclama o Juiz, e virando-se para a mulher:
- E a senhora? O que tem a senhora a dizer?
- Sr. Juiz, o meu marido é um ordinário! O senhor não ouviu como ele chamou os meus amigos?

Nenhum comentário: