Pesquisar este blog

6.6.12

Cheng-Pong 685

EXEMPLAR ORIGINAL EM PDF

Frase: Se fumar fizesse bem,teríamos um motor de kombi ao invés de ar-condicionado!!!


ACHE MAIS DE 10 CARAS NA FIGURA
Bicho infeliz é o homem:
 Tem  um pinto sem asa, ovo sem casca além de tudo um saco sem dinheiro.
Bicho bom é a mulher:
Tem peito que dá leite, tem perereca que come pinto e alem de tudo tem máquina de ganhar dinheiro que é o cartão xereca card.
CONVERSA DE CASAL
A noite o Berto estava sentado no sofá, vendo TV, quando ouvi a voz da mulher vindo da cozinha:
- O que você vai querer para o jantar, meu amor? Peixe, frango, carne ou pernil?
Ele respondeu:
- Vou querer carne querida, obrigado.
Ela retorquiu:
-Você vai é tomar sopa! Eu estava falando com o cachorro!

JOÃOZINHO

Joãozinho estava saindo às pressas do hotel onde trabalhava como office-boy, quando ouve a voz da dona:
- Joãozinho, aonde você está indo?
- Vou no puteiro, minha senhora!
- O quê? - diz ela indignada - Moleque malcriado! Esse não é jeito de falar! Além do mais, você é menor de idade e está em horário de serviço! Então você vai ficar aqui e quietinho!
- Tudo bem, se a senhora está mandando… - concorda Joãozinho - Mas então avisa para o seu marido que ele vai ter que ir pessoalmente pegar o guarda-chuva que ele esqueceu lá!

INGLÊS
O Joaquim PAIVA mudou-se para os EUA e abriu um comercio colocando uma grande tabuleta na porta do estabelecimento: “Mr. PAIVA”.
Os fregueses só o chamavam “PEIVA”.
De tanto o chamarem assim, ele trocou a tabuleta para “PEIVA”.
Os fregueses passaram a chamá-lo “PIVA”.
Pê da vida, ele mudou para “PIVA”.
E, aí, voltou a ser “Paiva”…

CABEU
O Zéquinha escreveu numa redação para a escola que o gato não "cabeu" no buraco. A professora, de castigo, mandou-o escrever 20 vezes no quadro a palavra "coube". Quando ele terminou, a professora contou as palavras e comentou:
- Mas você só escreveu 19 vezes, Zéquinha!
- É que a outra já não "cabeu", senhora professora!

ESPELHO
A netinha encontra o vovô super feliz:
-Vovô, porque tá assim tão contente?
-É que quebrei aquele espelho  enorme da vovó!
-Mas vovô, dizem que quebrar espelho dá 7 anos de azar!
-Eu sei, eu sei, não é maravilhoso isso? Mais 7 anos...

IDOSOS

Com saudades do chamego do marido, a velha pergunta:
- Nossa meu velho, a quanto tempo você não me procura?
E o velhinho responde:
- Ah não sei. Mas também, você nunca se esconde!

CORNO

O cara chega para o amigo e diz que pegou sua mulher com um homem na sua própria cama.
O outro rapaz, irritado, pergunta:
-Você não tomou nem uma medida?
-Como se tava tudo atolado lá dentro.

CORNO II

O morto se identifica ao chegar no céu:
- Devo minha morte a um trem.
- Desastre?
- Mais ou menos. O marido dela perdeu o trem. . .

BICHA
Um turista procurando uma rua, vê uma bicha parada na esquina e pergunta:
- Você conhece a rua Armando Pinto?
E a bicha:
- Não, mas se voce achar me liga tá!

MINAS
No campo, na beira da cerca o mineiro pica seu fuminho. Ao lado dele, um rapaz da cidade. No pasto em frente uma vaca tranquila. De repente, lá no horizonte, aquele poeirão, é um boi enorme que estanca ao lado da vaquinha melosa. O boizão para, olha, examina o material, lambe, cheira e vai embora.
O rapaz da cidade, admirado, diz pro caipira:
Essa eu não entendi. O boi dá uma corrida dessas, quando chega perto, faz a maior festa e nada. Que foi que houve?
-Vai vê, né meu fio, num cumbinaro no  preço.

CARA DE BOBO
A professora ensina que todas as pessoas podem se sentir idiotas numa dada situação da vida.
- Gostaria que se levantem todos os meninos e meninas que se sentiram idiotas em alguma situação esse ano.
Passado algum tempo a Aninha levanta-se:
- Muito bem Aninha, diz  aos teus colegas quando é que se sentiu como uma boba.
- Não é bem isso professora, só estava com pena de ver  a senhora de pé sozinha...


PENTELHOS
O sujeito visitando um casal de amigos, quando uma chuva terrível começou a cair. Solícito, o casal convidou o amigo pra passar a noite ali.
- Olha, nossa casa é pequena – disse o marido – mas nós não podemos deixar você sair nesse dilúvio. Pode dormir com a gente na nossa cama.
E foram dormir. De madrugada, a mulher se ofereceu toda para o sujeito.
- Vem cá, vem!
- Que é isso? Seu marido tá dormindo aí do seu lado!
- Ele dorme pesado, não acorda de jeito nenhum! Quer ver? Arranca um pentelho da bunda dele.
O cara arrancou um pentelho da bunda do marido, que nem se mexeu. Ele então mandou ver na mulher.
Uma hora depois a mulher se chegou de novo.
- Que é isso? Isso é brincar com a sorte – sussurrou.
- Não se preocupe, meu marido não acorda de jeito nenhum!
O cara então arrancou outro pentelho da bunda do marido, que nem esboçou reação.
E assim foi a noite inteira: arrancava um pentelho da bunda do marido, o marido não se mexia, créu na mulher.
Na sexta vez que isso ia acontecer, o marido se virou pro cara e falou:
- Aí meu irmão, quer comer a minha mulher, pode comer que eu não ligo. Mas pára de usar a minha bunda como placar, porra!