Pesquisar este blog

20.12.12

Cheng-Pong 713

EXEMPLAR ORIGINAL EM PDF

DESEJAMOS A TODOS UM

 VIRE DE PONTA CABEÇA

Frase: Vou para academia em busca de um corpo ideal: e que esse corpo seja bronzeado, olhos verdes e ela dê mole pra mim!

TURISTAS
Dois turistas brasileiros estão de férias em Portugal quando avistam uma loja com a seguinte placa:
- Calças: 5,00 euros;
- Camisas: 3,00 euros;
- Ternos: 8,00 euros.
Um dis para o outro:
- Poxa! Isso é muito barato, nós podemos comprar e levar para o Brasil para vender lá. Vamos ganhar um bom dinheiro.
O segundo concorda e diz:
- Você tá certo. Mas deixa eu falar, porque meu pai é português e eu sei imitar o sotaque com perfeição. Se notarem que somos brasileiros pode ser que não vendam para nós.
Então, os dois espertões entram na loja e pedem cem camisas, cinquenta calças e cinquenta ternos, com um sotaque impecável. O balconista diz:
- Já sei! Vocês dois são brasileiros, não são?
Assustado com o “flagra”, o filho do português fala:
- Sim, mas como você descobriu?
- Foi simples. Isso aqui é uma lavanderia…

PESCARIA
Quatro amigos costumam ir pescar todos os anos.
Este ano, a mulher do Tonho bateu o pé e disse que ele não iria. Desapontado, ele telefonou e contou aos companheiros que não poderia ir.
Dois dias depois, os outros chegaram ao local do acampamento e, surpresos, lá encontraram o Tonho descansando em uma barraca já armada.
- Ué, como você conseguiu convencer a "patroa" adeixá-lo vir?
- Ontem à noite minha mulher me arrastou pro quarto. Tirou do armário uma sacola de uma loja sexshop com algemas e cordas. Ela me mandou algemá-la e amarrá-la na cama edepois disse:
-Agora faça tudo que quiser...
- VIM PESCAR!

SOLTEIRONA

Uma mulher casamenteira encontra-se com um quarentão solteiro em uma loja da cidadezinha. Ela diz:
- Sabe… Você está em boa idade para casar… E eu aposto que poderia lhe arranjar o par perfeito…
- Não, obrigado. Não é preciso. – responde o cara.
- Olhe que ter uma mulher é muito bom… Você reorganiza a sua vida, estará acompanhado sempre, tem quem cozinhe pra você…
- Não, obrigado mesmo… Mas eu já tenho duas irmãs lá em casa, e elas tratam muito bem de mim!
- Ok, mas sabe que uma irmã não faz certas coisas que uma mulher pode fazer…
- Ouça… Eu disse que tinha duas irmãs, não disse que eram “minhas” irmãs!

IDIOTAS
Dois idiotas conversando:
- Alguma vez você já tocou a vagina de uma mulher com as duas orelhas ao mesmo tempo?
- Hummm… não, nunca! Isso é impossível!
- Então tá, seu parto foi cesariana.

NATAL

-Mãe, me dá um relógio por favor.
-Pra que se o Natal tá longe?
- Ah, mãe! Sabe aquela minha namorada argentina, a Juanita?
-Sim…
- Então… Um dia eu pedi pra ela tirá a sainha e ela tirô. Pedi pra ela tirá a blusinha, ela tirô. Pedi pra ela tira a calcinha, ela tirô e ficou peladinha. Aí ela disse:
-E a ora?
- Aí eu não tinha relógio pra dizer que horas eram! 

FLEXA
Joãozinho estava brincando com seu arco e flecha, que tinha ganhado no Natal.
De repende ele soltou uma flecha que caiu no quintal da Dona Maria.
- Dona Maria, posso pegar a flecha que caiu no seu quintal?
- Não, me fala onde que tá que eu pego!
-Er... Não, Dona Maria, deixa que eu pego.
-Fala onde que tá logo, menino, se não eu não pego mais.
-Tá bom, tá bom... Tá no seu gato!

NO HOSPÍCIO
É Natal. No hospício, os médicos resolvem testar alguns loucos para ver quais poderiam passar as festas com a família. Chegaram no primeiro louco e perguntaram:
- O que é uma coisa de couro que se usa nos pés para caminhar?
O louco pensou, pensou e perguntou:
- Tem cadarço?!
- Tem...
- Então é sapato.
Muito bem, o louco foi aprovado. Quando saía, segredou para o outro louco que ia ser testado:
- Pergunta se tem cadarço. Se tiver, é sapato e tá livre.
Os médicos perguntaram ao segundo louco:
- O que é uma coisa de lata, com quatro rodas e um motor que a gente usa para andar?
O segundo louco pensou, pensou e perguntou:
- Tem cadarço?
- Não...
- Então é mocassim...

O NATAL
Um brasileiro e o Manoel estavam conversando:
- Lá em casa  nós comemoramos muito o Natal, as criaças ganham muitos presentes, toda a família se reúne... Enfim, é uma época muito feliz. Mas eu fiquei sabendo que  vocês não ligam para o Natal, porque?
E o Manoel responde:
- É que nós perdemos o número dele.

ESTRANHO
Num destes cruzeiros de final de ano, o navio com rota exclusiva, passa ao lado de uma ilha distante da costa.
De repente, um homem barbudo sai correndo do meio das árvores e começa a gritar, pular, se bater e a espernear que nem um louco.
Um dos passageiros vendo aquilo pergunta ao comandante:
- Quem é aquele homem?
- Não faço a mínima ideia… A única coisa que sei, é que todos os anos quando passamos por aqui, este homem endoidece… Acho que ele gosta de navios…

PROFETA
Um Beduino devoto e barbudo entra num táxi.
Uma vez sentado, pede ao taxista para desligar o rádio, porque não quer ouvir música, como decretado na sua religião, e porque no tempo do profeta não havia música, especialmente música ocidental, que é música dos infiéis.
O motorista do táxi educadamente desliga o rádio, sai do carro dirige-se à porta do lado do cliente e abre-a.
 O que você está fazendo?
Resposta do taxista:
- No tempo do profeta não havia táxis, por isso saia e espere pelo próximo camelo.

TRÊS ENVELOPES
O sujeito assume a chefia de uma importante multinacional e, no dia da posse, recebe três envelopes do seu antecessor:
- Abra cada um deles, toda vez que se deparar com um problema difícil - aconselha o ex-presidente.
As coisas parecem que iam caminhando bem até que alguns meses depois a empresa começa a dar prejuízo.
Ele abre o primeiro envelope: "Culpe o seu antecessor"!
Ele reúne-se com os acionistas, mostra gráficos e consegue provar que a culpa era do seu antecessor.
Animados com o discurso, os acionistas voltam a investir e logo a empresa se recupera.
Mais alguns meses se passam, o lucro desaparece, ele abre o segundo envelope: "Corte custos".
Imediatamente ele reúne a diretoria e exige cortes drásticos em todas as áreas. No mês seguinte os resultados já começam a ser satisfatórios.
Passa-se mais um ano e novamente a empresa volta a dar prejuízo. Ele abre o terceiro envelope: "Prepare três envelopes"!