Pesquisar este blog

19.9.13

Cheng-Pong 750

EXEMPLAR ORIGINAL EM PDF

Frase: Fazer uma mulher feliz é muito fácil. Difícil é juntar dinheiro suficiente pra isso.

QUILINHOS
Celular toca:
- Olá! Como você está? Está fazendo o quê?
- Tentando me livrar dos quilinhos extras que adquiri no final de semana…
- Oh! Está na academia?
- Não, no banheiro!

  CEU E INFERNO
O cara chegou no céu, achou tudo muito chato, aquela monotonia, e logo foi falar com São Pedro para ir pro inferno.  São Pedro disse que ele poderia se arrepender, mas diante da resistência do finado, acabou por autorizar sua ida.
Chegando lá, o cara se entusiasmou. Tinha música sertaneja, funk, cabaré, e, principalmente, muita mulher bonita e completamente peladas. O cara logo se arranjou com uma daquelas piranhas e convidou-a para uma transa.
Eis que na hora de meter a cana na moenda, o cara nota que a periquita da dona era só de mentira, não tinha onde enfiar. Desiludido, ficou puto:
-Que negócio é esse? Toda essa mulherada e tudo com a periquita tampada?!
- Cara, se não fosse tampado isso aqui não era o inferno, era o céu!

NOVOS CORNOS
Surgiram mais dois novos tipos de cornos:
CORNO FRIBOI - Do pescoço pra baixo carne, pra cima chifre com selo de qualidade.
CORNO CALDO KNOR - Só vai na sopa.

CARRO AMASSADO
O sujeito chega ao estacionamento de um shopping e encontra o carro todo amassado.
Indignado e sem saber o que aconteceu, ele vê sob o limpador de parabrisa, um bilhete:
“Prezado senhor, enquanto lhe escrevo este bilhete, estou rodeado de curiosos que imaginam que estou lhe deixando o meu nome e telefone, dizendo que vou pagar o estrago. Era só o que faltava!”

QUEIJO
O ceguinho ganha de esmola um pedaço de queijo e entrega para seu guia guardar. Apos alguma caminhada, sente cheiro de queijo:
- Ó, Severino, tu estás comendo meu queijo, menino?
- Estou não, tio.
Ele fica meio desconfiado mas continua. Novamente sente cheiro de queijo e ouve o mastigado do menino:
- Menino safado, eu estou sentindo cheiro de queijo. Tu tás comendo meu queijo?
- Estou não, tio. O queijo que é muito cheiroso.
- Pois me deixa cheirar tua boca, moleque.
O Severino baixa as calças e coloca a bunda pra cima. Ele cheira e comenta adimirado:
- Pois acho que o menino tá comendo é coco!

LISTA
O padre estava celebrando a missa para as velhinhas e sem perceber, pegou lista da feira que o sacristao havia deixado em cima do altar, e rezou:
- Deus lhes dê 5 quilos de feijão.
As velhinhas já caducando:
- E contigo também!!!
- Deus lhes dê 6 quilos de açúcar.
- E contigo também!!!
- Deus lhes dê 4 quilos de arroz.
- E contigo também!!!
- Deus lhes dê 3 metros de linguiça.
E as velhinhas:
- Tende piedade de nós!!!

PEGADAS DO TIO JANJÃO
• Umbu é uma fruta muita azeda. Você já viu umbu ser tão azeda?
• Você não estava aqui antes. Você chegou há pouco de fora, não foi?

FANHO
O fanho se dirigindo a dona da mercearia:
- Eu fim reclamar da "foda" limonada. Tava "fem" gas.
A dona nao gostou do palavrão e foi reclamar com o marido pra tomar satisfação:
- Que negocio ´é esse de reclamar da foda com minha mulher, meu chapa?
E o fanho, todo nervoso:
- Nao, "fenhor". Foi ela que "empetrepou" mal!

PATERNIDADE
A professora pergunta:
- Pedrinho, quem foi que fez o mundo?
- Foi Deus, professora.
- Muito bem. Voce Carlinhos. Quem fez o ceu e as estrelas?
- Foi Deus, professora.
- Que gracinha.Agora você, Mariazinha. Quem foi que fez as flores e os coelhinhos?
- Foi Deus, professora.
- Isso. Joãozinho, responda. Quem foi que fez você?
- Olha, professora, minha mae já me disse uma vez, mas eu esqueci o nome do cara.

NA ÁRVORE
Ao lado do estádio de futebol, o policial vê um senhor em cima de uma árvore.
- Sai daí, velho! Se quiser assistir o jogo, compra ingresso e entra no estádio!
- Mas eu acabo de sair de lá - respondeu o senhor. - Eu sou o juiz!

RICARDÃO RADIOLA
A dona tava no maior boa com um cara quando o marido chega de viagem muito doido.
Na pressa, resolve esconder o ricardao dentro da radiola antiga do marido, mas como a radiola não era grande o bastante, os ovos do cabra ficou do lado de fora.
Quando o marido entra em casa, miado, diz pra mulher que tá a fim de beber ouvindo música. Vai atá a velha radiola e comeca a torcer o saco do cara, pensando ser o botao.
- Essa merda não toca mais, não?!
E torcendo os ovos do cara. E a radiola nada de tocar. Puto, começa a chutar a radiola, e torce os ovos do cara prum lado e pra outro, e bate, e puxa.
Já sem aguentar, o ricardão, começa a cantar:
- Quero chorar, não tenho lágrimas...

(Versinhos pra recitar em voz alta, nas festas)
MEU PASSARINHO  “KUKE”   
-Este é o meu passarinho
-O nome dele é Kuke!
-O meu kuke “tá” doente
-Já não pode nem cantar
-O meu kuke doi de dor
-Não tem forças para voar
-O kuke é meu e vou dar valor
-Mas para você eu quero dar
-Quero dar o meu Kuke agora
-Já não posso segurar

DO ALEIJADINHO
Uma dessa madames da cidade, toda produzida artificialmente, chega numa cidadezinha do interior e se dirige a um botequim para se informar aonde poderia pernoitar. 
Como o lugar era muito atrasado, não tinha hotel, mas o dono disse que ela poderia passar a noite num quarto no sótão. Mas havia um pequeno inconveniente, que era um aleijadinho, desses todo entrevado, que vivia lá, no fundo, numa  rede, mas que por ser totalmente paralítico, nao oferecia nenhum perigo.
Quando anoiteceu, a dondoca, sem ligar muito pro aleijadinho, começou a se "desproduzir" para dormir.  Tirou a peruca e jogou pro lado, depois os cílios postiços e jogou pro outro lado, e o aleijadinho lá só prestando atenção.
E a coroa se despindo, tirou os brincos, o relógio, o sutiã, os seios postiços e foi jogando tudo pelos cantos.
Foi quando, finalmente, ao tirar a calcinha e jogar em cima da cama, o aleijadinho olhou para ela e disse:
- Ei, madame, quando a senhora for jogar a "periquita", joga aqui pra rede do aleijadinho!